FANDOM


Nada dessa era poderia me derrotar, não é mesmo Senhor Silvas?
— Simon Kalar ao manipular Luthari Silvas e Silva a fazer Geiss


Simon Kalar é um mago nobre da família Kalar, que fez parte dos preparativos para o ritual que levou à 1ª Guerra do Cálice de Duwang, onde foi o mestre do servo da classe Archer.

Personagem do Bakaverse
Simon Kalar
Simon.png
Participação em: 1ª Guerra do Cálice de Duwang
Interprete: Droko; Zet
Papéis: Humano, Mago, Mestre
Situação: Vivo
Selo de Comando: Arquivo:Xxx
Gênero: Masculino
Aniversário: 1775
Origem: Alemanha
Gosta de: Dinheiro
Não gosta de: Não ter dinheiro
Talentos: Ganhar dinheiro
Inimigo Natural: Comunistas do djabo
Linhagem: Kalar


Descrição FísicaEditar

Simon é um personagem de anime genérico.

Background Editar

Simon Kalar foi o mago que cedeu a cidade para que pudesse ser palco do ritual de evocação do Cálice Sagrado criado por Luthari Silvas e Silva.

Sendo o mago mais rico e sendo amigo próximo do Monarca que reinava atualmente sobre a região (Duwang SROLSAYKACY II), ele conseguiu autorização e até ajuda das forças do governo (como a guarda imperial) para encobrir os acontecimentos na cidade durante o período de criação do cálice. Além de cobrir as necessidades financeiras do ritual como a compra de artefatos.

Escola de Magia: Maldição Editar

Camada Amaldiçoada Editar

Simon pode se teleportar para um local que esteja dentro da sua sombra. Caso não haja sombra no momento a habilidade não pode ser utilizada. Tamanho da sombra depende da hora do dia interferindo na distancia do teleporte. A noite o tamanho da sombra depende da altura a qual a lampada está posicionada. Quanto mais alta, maior a sombra e portanto maior a distancia possível de percorrer. Esta habilidade consome muita prana e pode deixar Simon exausto após o terceiro uso. O uso repetido dessa habilidade pode levar ao desmaio por falta de prana.

Geiss Editar

Simon é capaz de formar um contrato absoluto com outra pessoa, mestre ou servo desde que haja consenso de ambas as partes.

A promessa feita em acordo com o Geiss só poderia ser quebrada com o poder de um milagre como o uso de um selo de comando. Simon não é capaz de desfazer uma promessa. Se não houver interferência externa a promessa continua até ser concluída.

Um exemplo de uso do Geiss é um pacto de não-agressão entre dois mestres o que tornaria impossível qualquer tentativa de ataque de um mestre inimigo para com Simon. 

Gandr Editar

Simon é capaz de fazer um formato de pistolinha com sua mão apontando o indicador pra frente e assim disparando a maldição Gandr da ponta de seu dedo. Diferente da maioria dos magos Simon pode disparar Gandr com ambas as mãos ao mesmo tempo. 

O efeito físico de Gandr é um impulso leve capaz de quebrar janelas e amassar um carro. O maior dano físico que a habilidade poderia ter é pegar na ponta de um dedo humano e decepa-lo. No geral o impulso físico não é suficiente nem para quebrar uma costela humana mas pode ser usado estrategicamente mirando nas pernas do inimigo, por exemplo, para derruba-lo num solo mais escorregadio ou inclinado. 

Entretanto o foco de Gandr não é seu efeito físico e sim seu efeito mágico. Ao atingir um inimigo Gandr o amaldiçoa o deixando debilitado e fadigado ao longo do tempo. Os efeitos são como os de uma gripe que começa a se manifestar aos poucos. Com um tiro a pessoa pode começar a sentir leves dores de cabeça, com três já entra em estado febril e com nove as dores no corpo do inimigo se tornam tão fortes que dificilmente ele será capaz de ficar de pé. Apesar de ser um golpe com propriedades magicas a maldição de Gandr pode ser curada por métodos simples e comuns como tomar uma aspirina ou beber bastante vitamina C.

Habilidades Pessoais Editar

Montaria Editar

Simon é capaz de montar com perícia em Cavalos e Elefantes. Sabe nadar.

Negociação Editar

Quando negociando com outro humano não-mestre, Simon tem uma maior facilidade a fazer a outra pessoa aceitar mesmo que não lhe seja tão vantajoso.

Bala na Agulha - Gandr Editar

Simon tem uma boa mira quando utilizando sua habilidade Gandr e pode mirar em alvos até 30 metros de distancia dele entretanto com baixa chance de acertar o golpe. A partir dos 15 metros de distancia a mira de Simon fica super aperfeiçoada e torna difícil que ele erre um tiro. Essa habilidade não garante boa mira com nenhuma outra habilidade ou arma que não seja Gandr.

Analisador Óptico Editar

Visto que para usar uma de suas habilidades Simon depende de compreender as sombras e como se comportam, Simon aprendeu a calcular tamanho de sombras baseado na altura da fonte de luz e a prestar atenção no clima para perceber qualquer coisa que possa interferir na presença de sombras.

Rede de Contatos Editar

Simon tem conhecidos dentro do Castelo, incluindo o próprio Rei, o qual subornou antes do inicio da guerra para ter a guarda imperial e a mídia local compactuando com a omissão de fatos. Simon pode tentar utilizar esta influência para tentar obter algum tipo de informação ou lançar informações falsas na mídia impressa.

Patriarca Fortunado Editar

Simon tem ao seu dispor em sua mansão serviçais de diversos tipos para diversas funções que podem agilizar procedimentos de sua vida como locomoção através de carruagem com seu cocheiro ou tratamento de feridas leves com seu médico particular.

Circense - Equilibrista de Lampião Editar

Em tempos antigos com a ausência de energia elétrica, as habilidades baseadas em sombra tinham a fraqueza de não serem tão efetivas a noite graças a ausência do Sol. Por isso magos especializados nessas habilidades desenvolveram uma técnica para manusear lampiões com a sua cabeça sem queimar seu cabelo. Ao botar uma fonte de luz durante a noite sobre a sua cabeça, Simon é capaz de gerar sombras a qualquer local que for.

Mystic Code: Gigante de Sombra Editar

Shadow giant.png

Aparência do Gigante de Sombra

Familiar Editar

Simon atingiu o ápice da escola de magia de maldição ao ser capaz de criar um familiar descartável formado a partir da maldade que vagueia no ar do mundo. O Gigante de Sombra é um familiar de combate e possui em torno de três metros e a capacidade de derrubar casas com seus longos braços. É um familiar muito poderoso dentro do universo dos familiares. Ainda assim contra um servo ele apenas aguentaria evitar um golpe básico antes de ser destruído completamente.

Caso destruído, o Gigante de Sombra só pode ser reinvocado novamente por Simon após 6 horas.

Habilidade Desconhecida Editar

Simon+kalar+alter.png

Aparência alterada de Simon

Simon também possui uma outra habilidade relacionada ao seu Mystic Code, porém suas capacidades são desconhecidas pelos jogadores.

Apenas se sabe que ela transforma sua aparência, e exige um rito mágico de uma linha:

"I'm a Shadow the True Self"

Participações Editar

1ª Guerra do Cálice de Duwang Editar

Criação do Cálice Editar

Simon Kalar fez parte do grupo de nobres que se reuniram com o objetivo de obter o Cálice Sagrado. Junto com ele estavam os magos Luthari Silvas e Silva, que elaborou do zero um ritual para evocar o item; e Aurelius Vayne, que possuía a capacidade de realizar tal ritual. O papel do patriarca dos Kalar era, usando de suas abundantes riquezas e enorme rede de contatos, conseguir um local adequado e condições propícias para a realização do evento.

Através de sua influência, Simon conseguiu com que um pequeno reino no norte, a cidade de Duwang, parte do País X, atendesse suas demandas. O rei Duwang SROLSAYKACY II, líder do local no momento, aceitou abrigar os três magos nobres, cedendo-os mansões luxuosas para se hospedarem; uma localidade interessante para a realização do ritual, por passar em um ponto importante das Ley Lines (Linhas de Meridiano); a Lei do Toque de Recolher, que obrigava todos os civis a deixarem as ruas da cidade depois das 19h, facilitando o ocultamento da magia.

Além de tudo isso, a realeza de Duwang ainda forneceu quatro magos para servirem de sacrifício durante o ritual, sendo eles: A bruxa Ataris Rockfeller; O ferreiro Guto de Melo; O revolucionário Klaus Leonhardt; e o príncipe rebelde Snake SROLSAYKACY.

Durante o ritual de evocação do Cálice, o papel de Simon era: Executar os quatro magos de sacrifício, de forma que seus servos não pudessem ser materializados, para que a disputa final ficasse entre os três nobres que tornaram tudo aquilo possível. Porém, um dos sacrifícios, Klaus Leonhardt, já possuía informações sobre o que aconteceria naquela madrugada. Assim, quando foi atacado por Simon, estava preparado para se defender do golpe. Esses poucos instantes perdidos foram o suficiente para que os servos terminassem de ser materializados, e instintivamente protegeram e fugiram com seus respectivos mestres.

Com a situação saindo do programado, Simon propõe um aliança com os outros nobres, com o objetivo de eliminar as visitas indesejadas. A proposta é prontamente aceita por ambos.

Conflito na sala real Editar

Simon, então, vai até o castelo real da cidade, para informar o Rei Duwang SROLSAYKACY II do ocorrido. Porém, a reunião é interrompida por uma invasão de Snake SROLSAYKACY, que buscava matar seu irmão mais velho, utilizando-se de seu recém-obtido servo, Dom Quixote.

Dois conflitos paralelos começam na sala do trono: Enquanto Simon e Snake lutavam, os seus servos se enfrentavam em lados opostos do salão. As disputas se estenderam por certo tempo com equilíbrio de poderes. Tempo este que foi utilizado pelo pequeno Rei para tentar realizar alguma ação em seu trono.

A história começa a mudar quando o servo do Príncipe acerta um golpe certeiro que acaba com metade do poder de fogo de Simon. Vendo essa situação desvantajosa, o jovem Kalar se retira, deixando o príncipe e seu irmão à sós.

O Rei então é morto nas mãos de Snake, que acessa um cofre secreto na sala do trono e também foge.

Midnight Hour Editar

Passando o resto do dia dentro de casa, esperando a recuperação de seu servo, Simon só saiu durante a madrugada, quando a cidade já está sob efeito da Midnight Hour. Enquanto procurava por algum mago não-nobre, acabou estando na área de efeito do fantasma nobre do servo de Luthari Silvas e Silva.

Dentro da realidade marmorizada, Simon entra em conflito com Ataris Rockfeller, e utiliza de seu gigante de sombra para arrancar ambos os braços da mulher. Além disso, ele começa a desconfiar das atitudes de seu até então companheiro de aliança Luthari, e decide se voltar contra ele também.

Ao liberar a sua forma alternativa para enfrentar o ex-aliado, Simon é visto como uma ameaça poderosa demais para ser derrotada por Luthari. O patriarca dos Silvas e Silva se vê obrigado a utilizar seu servo para congelar o mestre Kalar por 220 anos.

O processo, porém, levava algum tempo. Enquanto Simon estava já imobilizado, mas ainda consciente, ele conseguiu se aproveitar de parte do discurso de Luthari para fazer um Geiss. O Silvas e Silva havia dito que "Nenhum ser desta era seria capaz de derrotar tal monstruosidade que Simon Kalar se tornara".

Após ser completamente congelado, Luthari recolheu o grande bloco contendo Simon e levou para um local conhecido somente por ele. Nenhuma informação sobre o destino de Simon foi descoberta desde então.

Trívia Editar

  • Simon possuía um cavalo da cor Bege que se chamava "Spitfire", e um elefante fêmea chamada "Akatsuki".
  • Simon tem sua aparência baseada no personagem "Holland Novak" da série "Eureka Seven".

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória